Treino de Peito: Benefícios e principais exercícios

Hoje falaremos do treino que é um dos mais queridos entre o público masculino, embora algumas mulheres treinam pesado esse grupamento muscular.

A importância em fazer treino de peito

Treinar esse músculo é importante para compor um corpo estético, mas seus benefícios vão além da estética.

O músculo peitoral maior contribui na estabilização da articulação escapuloumeral e escapulotorácica e contribui para estabilização do tronco.

Quais são os benefícios em treinar peito?

  • Contribui na estabilização do tronco
  • Contribui para estabilização das articulações escápulo umeral e escapulotorácica
  • Desenvolvimento do volume muscular e aumento da força

Principais exercícios de treino de peito

As diversas variações do treino de peito nos permitem dar ênfase em cada região dessa musculatura, mas lembrando sempre que o músculo é recrutado em sua totalidade.

Supino Reto com barra

Deite no banco, apoie bem as costas.

Os pés podem estar no chão ou no próprio banco

Posicione as mãos e retire a barra do suporte.

Faça uma flexão do cotovelo e desça a barra devagar até próximo ao tórax (não deixe a barra encostar no peito)

Faça a extensão do cotovelo e retorne à posição inicial.

Repita o movimento até completar sua série.

Supino com halteres

Deite no banco, apoie bem as costas.

Os pés podem estar no chão ou no próprio banco

Segure os halteres com os braços estendidos

Faça uma flexão do cotovelo e desça os halteres devagar até formar um ângulo de aproximadamente 90º graus.

Faça a extensão do cotovelo e retorne à posição inicial.

Repita o movimento até completar sua série.

Supino inclinado com barra

Deite no banco inclinado e apoie bem as costas.

Os pés devem estar apoiados no chão ou no suporte do banco se houver.

Posicione as mãos e retire a barra do suporte.

Faça uma flexão do cotovelo e desça a barra devagar até próximo ao tórax (não deixe a barra encostar no peito)

Faça a extensão do cotovelo e retorne à posição inicial.

Repita o movimento até completar sua série.

Supino inclinado com halteres

Deite no banco inclinado e apoie bem as costas.

Os pés devem estar apoiados no chão ou no suporte do banco se houver.

Segure os halteres com os braços estendidos

Faça uma flexão do cotovelo e desça os halteres devagar até formar um ângulo de aproximadamente 90º graus.

Faça a extensão do cotovelo e retorne à posição inicial.

Repita o movimento até completar sua série.

Crucifixo reto

Deite no banco, apoie bem as costas.

Os pés podem estar no chão ou no próprio banco

Segure os halteres com os braços estendidos e palmas das mãos viradas para si.

Faça uma abdução do ombro e desça os halteres devagar até aproximadamente a linha do ombro

Faça a adução do ombro e retorne à posição inicial.

Repita o movimento até completar sua série.

Crucifixo inclinado

Deite no banco inclinado e apoie bem as costas.

Os pés devem estar apoiados no chão ou no suporte do banco se houver.

Segure os halteres com os braços estendidos e palmas das mãos viradas para si.

Faça uma abdução do ombro e desça os halteres devagar até aproximadamente a linha do ombro

Faça a adução do ombro e retorne à posição inicial.

Repita o movimento até completar sua série.

Flexão de braço

Inicie em posição de prancha, braços afastados e alinhados com os ombros

Faça uma flexão de cotovelo, descendo o peito em direção ao chão, mantenha os cotovelos apontados para fora e contraia o abdômen.

Retorne à posição inicial

Repita o movimento até completar sua série.

Mergulho

Segure nas paralelas com as duas mãos, mantendo seus braços estendidos.

Flexione o cotovelo até atingir aproximadamente um ângulo de 90º graus.

Mantenha o tronco levemente inclinado a frente

Faça a extensão do cotovelo retornando a posição inicial

Repita o movimento até completar sua série. 

Cuidados com o treino de peito

  • Cuidado com cargas elevadas (aumente de forma gradual)
  • Cuidado com a articulação do ombro, pois está diretamente envolvida nos exercícios
  • Controle o movimento, faça de forma cadenciada e concentrada evitando impactos.

Conclusão

Variar o treino de peito é interessante pois conseguimos com isso dar ênfase em todas as regiões da musculatura bem como é importante para mudar os estímulos.

Visto que seus benefícios vão além da estética é importante incluir na sua rotina de treinos sempre realizando os exercícios com cuidados e com a supervisão de um profissional de Educação Física.

Bons treinos!

Até a próxima!

Fernando Amaral – CREF 147145 – G/SP

Profissional de Educação Física – Expert Integralmédica

Especialista em fisiologia do exercício e treinamento resistido – Na saúde, na doença e no envelhecimento – EEP/HCFMUSP

Compartilhe esse Post

Share on facebook
Share on twitter
Rolar para cima