Probióticos e esporte | Blog Integral

Probióticos e esporte

A Organização Mundial de Saúde define probióticos como “organismos vivos que, quando administrados em quantidades adequadas, conferem benefício à saúde do hospedeiro”.

Eles atuam na microbiota intestinal competindo contra micro-organismos indesejáveis, equilibrando a microbiota.

Ao promoverem a inibição da proliferação de bactérias patogênicas, consequentemente, os probióticos promovem o desenvolvimento e maturação do sistema imune, o bom funcionamento intestinal e o aumento da biodisponibilidade de proteínas, ácidos graxos de cadeia curta e minerais.

Ao realizar exercícios de alta intensidade por longo período de tempo, os atletas se tornam mais suscetíveis a infecções, o que pode ocasionar ao aumento da permeabilidade intestinal e imunossupressão.

Os probióticos podem ter papel benéfico em períodos de treinamento intensivo que precedem as competições e em meses mais frios, pois auxiliam a evitar doenças do trato respiratório superior, diminuir a incidência e sintomas graves da mesma.

Camila Serrano

@nutri.caserrano

Compartilhe esse Post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Rolar para cima