Conhecimento técnico e científico do universo fitness e bodybuilding.

Tempos atrás ainda era comum escutarmos em academias que, quando o objetivo é perda de gordura, o mais recomendado é o treino aeróbio. Isso foi mudando com o passar do tempo e o surgimento de novas evidências científicas, tanto que atualmente o treinamento de força (TF) é uma das principais recomendações para quem deseja perder gordura.

Nesse contexto, um importante trabalho foi publicado por Bea et al (2010), em que monitoraram 122 mulheres pós-menopausa durante um período de 6 anos. As voluntárias foram divididas em 3 grupos: um grupo controle (que não treinou), um grupo que treinou força o tempo todo e outro que ficou sem treinar força durante um ano, mas voltou a treinar força posteriormente. As cargas de treino ficaram entre 70 e 80% de 1 RM (repetição máxima), foram realizados 8 exercícios 2 vezes por semana. Em síntese, as mulheres que tiveram maior aumento de força foram as que mais controlaram o peso, preservando inclusive a massa muscular. Esse resultado é extremamente importante, principalmente devido à perda natural de força e massa muscular esperada nessa população.

Na discussão, os autores citam alguns estudos clássicos que demonstram a importância do treinamento de força no processo de emagrecimento, especialmente quando comparado com o treinamento de endurance feito isoladamente (sem acompanhamento do treinamento de força). O principal ponto levantado pelos autores é que, treinar endurance isoladamente pode sim proporcionar perda de peso, mas trazendo como consequência também a perda de massa magra e diminuição da taxa metabólica de repouso.

Quando empregamos TF para emagrecimento, a perda de gordura também acontece, porém, ao contrário do treino aeróbio isolado, o TF preserva a massa magra. O TF em alta intensidade tem sido utilizado para aumento de massa magra, o que torna lógico o raciocínio de que, se objetivo for perder gordura e manter/aumentar massa magra, pode-se utilizar o TF intenso também em processos de emagrecimento.

Em suma, utilizar exercícios com pesos, independentemente do treinamento aeróbio, vai ajudar muito no processo de emagrecimento saudável.

Jennifer W. Bea, et al. Resistance Training Predicts Six-Year Body Composition Change in Postmenopausal Women. Med Sci Sports Exerc. 2010 July ; 42(7): 1286–1295.