Dia do Lixo na Dieta

O processo de ganho de massa muscular ou de perda de gordura corporal muitas vezes pode ser muito maçante para as pessoas que fazem dietas restritas, como o caso de grande parte de atletas fisiculturistas.

Esses atletas normalmente possuem uma dieta bem regrada durante o ano inteiro pois precisam estar com um corpo fisicamente bem estético para disputarem as competições programadas.

Então, para não ficar mais estressante ainda as dietas, normalmente os atletas colocam um dia do lixo ao final de semana para ficarem livres e comer outros tipos de alimentos que não comem durante a semana, como os hambúrgueres, pizzas, esfihas, comidas japonesas e diversos outros tipos de alimentos.

Assim, do ponto de vista psicológico, a adesão a dieta dos atletas acaba ficando melhor pois os mesmos conseguem focar durante a semana em alguns alimentos específicos e saberão que no final de semana terão uma liberdade maior em consumir alguns alimentos.

Então o que veremos agora são os benefícios e os prejuízos do dia do lixo e se existem outras estratégias que podem melhorar nossos resultados estéticos e de saúde, assim como papel e caneta na mão, pois falaremos nos tópicos abaixo dessas questões.

O que é o dia do lixo na dieta?

O dia do lixo é um dia que a pessoa terá para se alimentar de qualquer tipo de comida que desejar, e normalmente as pessoas acabam consumindo muitos alimentos industrializados, ricos em açúcares e gorduras, e também em energia (kcal), por isso esse dia ganhou o apelido de dia do lixo, mas vale aqui uma reflexão de que nenhum alimento é lixo, então devemos ter muito cuidado nessa nomenclatura.

Qual é o objetivo do dia do lixo na dieta?

Um dos principais objetivos do dia do lixo na dieta é gerar uma quebra da homeostase do nosso organismo, ou seja, quebrar o equilíbrio que o nosso encontro se encontra, além de melhorar o aspecto psicológico de adesão à dieta e também aumentar a ingestão energética do dia, que pode contribuir para o ganho de massa muscular do(a) atleta.

Não é difícil imaginar e até mesmo visualizar nos rótulos e nas informações nutricionais que os alimentos industrializados contêm grandes quantidades de energia, então esse recurso pode ser utilizado a favor do aumento de massa muscular.

Uma vez que, quando o atleta encontra uma dificuldade para ingerir 5000, 6000 quilocalorias (kcal) ao dia, uma alternativa para alcançar essa quantidade calórica é fazer o consumo de alimentos industrializados.

Como funciona o dia do lixo na dieta?

Quando determinar o dia do lixo?

Alguns pontos são extremamente importantes para sabermos se vale a pena colocar um dia do lixo para uma pessoa. Desses pontos temos por exemplo o biotipo do atleta, se esse indivíduo possui uma tendência de ganho de gordura corporal e deseja aumentar a massa muscular talvez não seja interessante colocar um dia inteiro de lixo pois essas quantidades calóricas podem favorecer o ganho de gordura corporal a longo prazo.

Outro fator importante é a composição corporal do indivíduo, se esse atleta já possui uma quantidade de gordura moderada ou elevada talvez o melhor caminho seja diminuir essa gordura corporal para depois entrar no processo de ganho de massa muscular.

Pois se ganhar mais gordura corporal pode não ficar esteticamente confortável com o seu físico, uma vez que esse excesso de gordura corporal pode atrapalhar na sua definição muscular.

Uma outra questão que devemos considerar é se a pessoa possui tendências a ter compulsão alimentar, isso prejudicar a adesão do plano nutricional uma vez que, depois de fazer o dia do lixo e comer alimentos prazerosos, pode ser que no dia seguinte a pessoa não queira voltar a rotina normal da dieta, consequentemente fugindo do objetivo que pretendia.

Então sempre é importante você se perguntar: se você fizer um dia do lixo no domingo, na segunda-feira você voltará normalmente para a dieta? Se a resposta for não, tome muito cuidado em ficar fugindo da dieta e atrapalhar seus resultados.

Dieta do Lixo: Vantagens e Desvantagens

Vantagens:

Quando pensamos nas vantagens do dia do lixo uma delas é exatamente como comentamos anteriormente, a melhora do estado psicológico e uma maior adesão na dieta durante a semana, temos ainda a vantagem desse aumento calórico contribuir para o aumento de massa muscular e favorecer os resultados do paciente.

Desvantagens:

Porém também temos desvantagens em se fazer o dia do lixo. Uma delas é que esse aumento de energia durante o final de semana pode contribuir para o aumento da gordura corporal da pessoa.

Um outro detalhe importante é que os alimentos industrializados normalmente são ricos em açúcares e gorduras, o que gera uma grande sinalização em nosso humor e bem-estar, literalmente fazendo com que tenhamos uma enorme sensação de prazer ao comer esses alimentos.

Porém essa sensação de prazer pode ser um prejuízo pois se a pessoa tenta ter as mesmas sensações de prazer em sua alimentação durante a semana isso provavelmente não ocorrerá, pois, os alimentos saudáveis não contém grandes quantidades de açúcares e gorduras.

É exatamente o açúcar e a gordura são os dois ingredientes principais para gerar prazer em nosso cérebro. Consequentemente, isso pode impactar na adesão da dieta, pois a pessoa começa a achar que a dieta não está dando tanto prazer quanto a sua alimentação do final de semana.

É possível fazer dieta sem o dia do lixo?

É perfeitamente viável fazer uma dieta e ter muitos resultados sem ter o dia do lixo, um ótimo exemplo disso é colocar uma refeição livre em algum dia da semana ou do final de semana e durante todas as outras refeições procurar combinações de alimentos que fazem você gostar de executar aquela dieta.

Um exemplo clássico disso é o famoso arroz branco com feijão, onde muitas pessoas amam colocar esses alimentos no almoço, porém muitos não colocam com medo de ganhar gordura corporal e prejudicar o emagrecimento.

Mas nós conseguimos perfeitamente colocar os dois alimentos na refeição, o segredo está em regular a quantidade de cada alimento, assim nós possibilitamos que a pessoa coma algo que goste e ao mesmo tempo tenha a sua quantidade de energia controlada na dieta.

Uma excelente dica que damos é que você procure um(a) nutricionista para que ele(a)  consiga adequar os seus gostos alimentares com a quantidade que você precisa de cada alimento ao longo do dia,  e assim,  você ter uma dieta que você goste de executar todos os dias e não precise fugir dela no final de semana.

Qual é a diferença entre dia do lixo e refeição livre?

Cuidados para ter durante o dia do lixo na dieta

É importante você lembrar que o dia do lixo é diferente de uma refeição livre.  Como falamos anteriormente, o dia do lixo consiste em um dia inteiro livre para consumir alimentos altamente calóricos, ricos em carboidratos e gorduras.

Já a refeição livre é a liberdade para fazer apenas uma refeição fora do plano alimentar, ou seja, pensando no sábado e no domingo, a pessoa deve seguir a dieta em todos os horários e somente em uma refeição ela está livre para comer o que quiser.

Aplicação de uma refeição livre na prática acaba funcionando bem melhor do que o dia do lixo, pois ao longo do tempo a pessoa começa a perceber que a dieta, quando é bem estruturada por um(a) nutricionista competente, não precisa ser furada.

Os nutricionistas conseguem perfeitamente montar um plano alimentar que seja prazeroso e que o paciente consiga executar durante todos os horários da semana.

Uma boa dica para auxiliar no ganho de massa muscular sem fazer dias de lixo e se perder nos resultados é acompanhar os diversos textos que nós montamos no blog com várias estratégias excelentes para o seu resultado.

Nesse texto aqui por exemplo nós estruturamos uma dieta para ganho de massa muscular e mostramos como a alimentação pode te auxiliar.

Já nesse outro texto aqui nós montamos um guia alimentar para o período de ganho de massa muscular, com várias dicas práticas para você executar no seu dia a dia.

Conclusão

Como você pode perceber o dia do lixo pode ser uma estratégia benéfica para algumas pessoas, mas maléfica para outras pessoas, e para quem não consegue se adequar ao dia do lixo temos a opção de uma refeição livre para minimizar os impactos negativos de um dia do lixo.

Então é importante você se conhecer para saber se compensa fazer um dia do lixo ou se o melhor caminho é você fazer uma refeição livre ao longo de uma semana, e lembre-se, ter uma dieta muito bem montada pode colaborar muito para os seus resultados aparecerem de forma muito mais rápida.

Espero que tenham gostado pessoal! Continuem nos acompanhando para terem mais informações sempre. Sigam nossos canais no instagram @integralmedica e a Integral Tv no Youtube.

Abraços e até a próxima!

Compartilhe esse Post

Share on facebook
Share on twitter
Rolar para cima