Cutting: Entenda como é a dieta, os benefícios e como iniciar

O Cutting é uma estratégia importante para quem busca melhora estética, pois é a fase onde podemos observar nossos músculos mais aparentes e definidos. É por isso que vamos detalhar o passo-a-passo de como utilizar essa excelente estratégia.

O que é o cutting?

Cutting é o processo de perda de peso de um atleta de fisiculturismo. É nessa fase que alcançamos grandes níveis de definição muscular, através da diminuição do percentual de gordura.

O treino também precisa ser ajustado nessa fase, já que a base para o Cutting é a diminuição da ingestão energética.

Para quem a dieta de cutting é indicada?

Geralmente o Cutting é utilizado por fisiculturistas, mas pode ser utilizado por qualquer pessoa que deseje diminuir os estoques de gordura corporal, diminuir seu peso corporal e deixar seus músculos mais aparentes.

Quais são os benefícios da dieta de cutting?

  •         Diminuição dos estoques de gordura corporal
  •         Músculos mais aparentes.
  •         Menor peso corporal

Qual é a diferença entre bulking e cutting?

Cutting tem como objetivo diminuir os estoques de gordura corporal, deixando os músculos mais aparentes. Já o Bulking é a fase de ganho de peso corporal, especialmente de massa muscular.

No os treinos são intensos, mas com menos carga (peso) nos exercícios, já que a base da alimentação é uma dieta hipocalórica.

O Bulking é o inverso, a dieta é hipercalórica, permitindo ao atleta fazer treinos mais volumosos, com mais séries e mais carga nos exercícios.

Os treinos aeróbios também mudam entre as fases, pois no Cutting são feitos de um a dois treinos aeróbicos por dia, enquanto que no Bulking não existe a necessidade de se realizar treinos aeróbios (dependendo da estratégia, lógico).

Como deve ser a alimentação durante a dieta de cutting?

A dieta é geralmente baixa em quantidade de calorias, podendo também haver uma diminuição nos carboidratos. Além disso, o tipo de carboidrato também pode sofrer alterações, sendo priorizado os carboidratos de baixo índice glicêmico.

Como deve ser o treino durante a dieta de cutting?

Como a fase de Cutting tem como base uma menor ingestão de calorias, a capacidade de colocar grandes cargas no treino fica diminuída.

Assim, cargas mais leves do que na fase de Bulking, com intervalos mais curtos de recuperação, são indicados na fase de Cutting, pois irão provocar uma maior acidose metabólica e aumentar o gasto energético após o exercício.

Já na fase de Bulking, as cargas devem ser maiores e o volume de treino (exercícios, séries) podem ser maiores, pois mais calorias estão sendo ingeridas nessa fase.

Quanto ao treino aeróbio, eles são mais frequentes no Cutting, podendo chegar a 2 sessões no dia. Geralmente são exercícios aeróbios de baixa intensidade, entre 30 e 60 minutos, alimentado ou em jejum, dependendo da estratégia.

Quais cuidados e recomendações essenciais dieta de cutting

Como a ideia é reduzir a quantidade de calorias ingeridas, e muitas vezes os carboidratos também, deve-se tomar cuidado com o catabolismo (perda de massa muscular) e imunossupressão (piora do sistema imunológico, com aumento no risco de gripes, resfriados e infecções).

O ideal é que a transição do Bulking para o Cutting seja feita por um nutricionista experiente, e que haja comunicação entre o seu nutricionista e seu treinador, pois o treino precisa ser adequado de acordo com a nova dieta.

Dicas para a dieta de cutting apresentar bons resultados

  • Faça o ajuste calórico
  • Foque na qualidade dos nutrientes
  • Se preocupe com seu sistema imunológico, pois isso pode evitar que você fique doente nesse período e perca seus resultados
  • Ajuste seu treino, com foco no aumento do gasto calórico

Quais suplementos tomar durante a dieta de cutting?

  •  Proteínas isoladas, como o Iso Triple Zero, são indicados por conterem baixa quantidade de calorias, gorduras, carboidratos, além de alta concentração de proteínas, que auxilia na manutenção da massa magra e consequentemente a manutenção do nosso metabolismo basal;
  •  Termogênicos aceleram o processo de emagrecimento pois tem a função de aumentar a nossa temperatura corporal, acelerar a lipólise (quebra dos estoques de gordura) e aumentar a queima da gordura antes, durante e após o exercício;
  • Polivitamínicos como o Vita Pure são suplementos interessantes para o Cutting pois tem grande capacidade antioxidante, sendo rico em vitaminas e minerais, auxiliando na contração muscular, melhora do sistema imunológico e metabolização dos nutrientes. Esses 3 fatores são especialmente importantes em uma fase de restrição de calorias como o Cutting.

Conclusão

Como podemos observar, o Cutting é uma estratégia importante para quem busca melhora estética, músculos mais aparentes e definidos.

 

Compartilhe esse Post

Share on facebook
Share on twitter
Rolar para cima