Conhecimento técnico e científico do universo fitness e bodybuilding.

F91242f505527f4e1d08d22263e744d9fec4b5bb

Alongamento é assunto que suscita inúmeras dúvidas entre praticantes de atividades físicas, especialmente no que diz respeito ao momento de sua realização. O foco do breve artigo é analisar as vantagens e desvantagens da execução do alongamento antes do treino de musculação.

O alongamento se destina à manutenção e à melhora da flexibilidade. Ele permite o estiramento das fibras musculares e, consequentemente, o aumento do seu comprimento. Isso porque os movimentos de alongamento aumentam a temperatura dos músculos e produzem distensões no tecido conjuntivo que os revestem, propiciando maior amplitude do movimento das articulações envolvidas.

Em relação ao alongamento pré-treino, não existe problema se for realizado em baixa intensidade. Alongamentos intensos, associados à prática da musculação, podem aumentar o risco de lesões. A alta intensidade do alongamento força a musculatura a um estado de contração e estiramento. Essa variação intensa no comprimento das fibras, somada à tensão do exercício muscular, acarreta uma sobrecarga. Há uma tensão entre a amplitude máxima e a tensão do músculo, causando um estresse que pode gerar lesões.

Para além das lesões, o alongamento intenso imediatamente antes do treino pode comprometer a potência do músculo requisitado, minando sua força. Segundo Melo (2010), “vários estudos demonstram que carga aguda de alongamento muscular passivo pode diminuir o desempenho em certos movimentos para os quais o sucesso depende da máxima força e/ou potência produzida”. Assim, o alongamento intensivo diminui a força contrátil da musculatura, provocando queda no número de repetições e no aumento de peso. Portanto, os exercícios de alongamento de alta intensidade devem ser reservados às atividades que exigem máxima flexibilidade, como ginástica, e não treinos de hipertrofia.

Para a musculação, a partir dessas evidências, sugerimos um aquecimento de forma lenta e gradual, com alongamento leve após o término do treino. Deixe a forma mais intensa para ser realizada em outro horário, que não seja antes do treino de musculação.